Os softwares que fazem arquitectura sozinhos

Todas as semanas são anunciados novos softwares dedicados ao desenho arquitectónico. É uma área que se desenvolveu exponencialmente nos últimos anos e que promete não abrandar o ritmo. Os arquitectos vêem-se rodeados de novas ferramentas para projectar, o que nalguns casos os fez revolucionar o seu método de trabalho, com evidentes progressos ao nível da sua produtividade e da qualidade do seu trabalho.

Este fascínio pela evolução tecnológica associada à arquitectura distorce prioridades e por vezes desvia a atenção daquilo que é essencial. Não interessa que programa se usa, mas sim o que se faz com ele. É fundamental ter um olhar crítico em relação aos projectos, mesmo que por vezes nos deixemos inebriar pela sua apresentação.

Não é por ter uns bons 3D que um projecto tem qualidade. Por muito que alguns incautos, desconhecedores ou simplesmente mais descrentes no papel dos arquitectos apregoem o contrário, a verdade é que os softwares não fazem arquitectura sozinhos!

Ricardo Nogueira de Sousa Lopes, Outubro de 2011